Operador de câmera que chamou Sabrina de "macaca" na Fazenda também é negro


quinta, 07 de novembro de 2019

Na última quarta-feira (6), a Record TV confirmou que um operador de câmera que estava posicionado atrás de um dos espelhos do reality fez um comentário racista sobre a participante Sabrina na noite anterior antes do início da prova do fazendeiro.

Enquanto os peões aguardavam o início da prova, Sabrina disse aos outros confinado que ouviu alguém dizendo "senta logo aí, macaca", após ter se levantado do sofá. Outros peões também afirmaram que ouviram a mesma coisa.


Devido a grande repercussão, a emissora emitiu um comunicado afirmando que repudia este tipo de atitude e qualquer outro tipo de preconceito, a Record TV ainda deixou claro que por se tratar de um ofensa racial Sabrina seria informada sobre seus direitos de fazer uma representação legal caso ela quisesse.

Além disso, a emissora também confirmou a demissão do funcionário que chamou Sabrina de "macaca". 

Rapidamente a nota se espalhou nas redes sociais e o mal-estar dentro dos bastidores da "Fazenda" se instalou, isso porque o ofensor da peoa também é negro segundo informações de duas fontes do UOL.